sábado, 18 de outubro de 2008

Premier em Ipanema

Depois de uma semana conturbada, com problemas estomacais, renais, transpiração excessiva e suspeitas de ataque cardíaco, Wykthor Zavandor conseguiu, finalmente, pegar os jogos que ele encomendou. E como já estava combinado desde Agosto, com cronograma e tudo , uma jogatina para estrear o Agricola do mesmo, fomos convidados (e muito bem-recebidos) para jogar na casa do Luciano.
O Wykthor começou sua explicação contando como era a vida dos fazendeios no século 18 e as peculiaridades das ovelhas na época que eram símbolo sexual e iniciam os pobres filhos de agricultor na vida adulta. Um pouco depois, o Bouzada chegou e assumiu os outros 45 minutos de explicação. Eu cheguei depois de uma cruzada santa contra o trânsito no centro da cidade na 6a à noite.
Jogamos com um misto de deck Z e I. Eu, ate então, só tinha jogado com o E. Logo no começo da partida, suspeitamos de uma "diferença" no tabuleiro para 5 jogadores, pois havia um espaço a menos para occupation e improvement. No final do jogo, percebemos que , na verdade, jogamos o tabuleiro family game, com cartas. E como o Bouzada e o Wykthor, co-autores do livro "Como criar uma fazenda no século XVIII e vencer no Agricola para 5 jogadores com qualquer deck" não tinham previsto isso, acabaram ficando um pouco para trás no final da partida.
O Starting player (vulgo piru de japonês pois, segundo o Warny, é amarelo e pequeno) foi sorteado e ficou com o Bouzada que pegou 4 woods (página 4 do livro, "Qual o opening move ideal?"). O Warny, logo no começo do jogo, baixou uma occupation que custava só um wood e dava a ele uma espécie de "mala da família". O mala pode fazer uma ação depois que o último jogador tiver jogado sua última ação. Muito roubado. O Bouzada, como em todo eurogame, começou devagar quase parando pra dar o pulo do gato no final do jogo. O Wykthor estava muito bem, com cabana de clay , 5 cubras e muitos grãos/vegetais. O Warny, contrariando sua fama de vegetariano, membro do Green Peace e natureba maior, apelou para as vacas, porcos e javalis. Eu , entrei no esquema "Vida de gado" e fiz uma cacetada de javali e ovelha, no final, ainda rolaram umas vaquinhas. Felizmente, um pouco antes da galera começar a corrida pelas vacas. O Luciano tava com uma fazenda hi-tech, cheia de minors e occupations com vários malabarismos, casa de pedra e os 5 cubras.
Eu optei por uma família mais moderna, com apenas um filho e pró-controle de natalidade. O Warny adotou o mesmo caminho já que tinha um mala na família e não quis saber do segundo filho. No finalzinho do jogo, eu peguei o starting player pra garantir a vinda do meu cunhado. O jogo acabou e eu, contrariando minhas próprias expectativas e para surpresa geral, ganhei, com uma pequena margem de diferença. 43 a 37 para Wykthor e Bouzada. Logo atrás o Warny com 36 e o Luciano com 34. Foi um jogo muito bom, bem disputado e com os novatos no jogo fazendo bonito (é normal a pontuação do primeiro jogo ficar na casa dos 15, 20...)
Depois, jogamos o divertido Hollywood Blockbuster. Com direito a "picudos da direção" (muito cobiçados pelo Bouzada) , Brad Pitfall, Demi Less e Muscle Crowe. Um jogo de leilão, do Knizia (mais um) mas com um sistema muito interessante de set collection , bem temático até. Você tem que fazer filmes, rola premiação para melhor filme no final do jogo e um aclamado prêmio framboesa para o Wykthor no final do jogo, mesmo Junk Fiction tendo ficado por muito tempo como o pior filme lançado. No meio do jogo, Bouzada lançou o dedo podre (André ganhou de longe, o jogo tá definido). Enquanto isso, Wykthor Pro-Player de Rá, ficou na dele, só pegando coisas lixosas para o seu projeto megalomaníaco framboesa.
No final das contas, o meu drama Good Thrill Hunting ganhou o melhor filme de drama graças a uma explosão atômica de última geração, A comédia pastelão "Dumb and Stupidier" do Warny ficou durante muito tempo como melhor comédia mas o Bouzada, no final, como de praxe, roubou a cena. O Wykthor graças ao Kingmaking do Warny ganhou o melhor prêmio framboesa e superou Junk Fiction como melhor filme de aventura. Resultado, Wykthor 76 eu e Warny (olhando critério de desempate achando que tinhamos empatado em primeiro) 68 , Bouzada 65 e Luciano 42.
Uma boa jogatina que contou ainda com o patrocínio dos cigarrinhos de palha "Agricola" do século XVIII fumados metaforicamente pelo Wykthor após o orgasmo lúdico de ter jogado o seu próprio Agricola pela primeira vez expressando sempre a sua satisfação quase erótica em ter jogado. E o Warny, teve que dar o braço a torcer que o Agricola é muito bom e já está em 4º lugar (com potencial para 1º). Para mim, depois desse "bicampeonato", sagrou-se definitivamente como 1º lugar, já que eu, a exemplo do Cadu e Cacá, sou da filosofia "Mr. Only fun when I am winning".

4 comentários:

Victor disse...

Excelente report, André!

Cacá disse...

Sério que você ganhou Fel??? seu "mosca-morta" safado... =)

O Traumfabrik é realmente muito bom, pra mim o melhor Knizia, mas eu fiz a minha versão baseado no alemão com os filmes clássicos e atores "de verdade", qualquer dia levo no Calabouço...

Abraços a todos...

Fel disse...

Hahaha, só ganhei pq a gente jogou com o tabuleiro do family game usando cartas, o que confundiu as lendas do Agricola.

E adorei o Hollywood Blockbuster, apesar de que acho que a piada deve "expirar" depois de um tempo.. para o primeiro jogo, foi bem divertido e as mecânicas são ótimas mesmo.

Cadu disse...

"...e eu, contrariando minhas próprias expectativas e para surpresa geral, ganhei..."

Fel, com essa está sacramentado que o teu cinismo está chegando a um nível estratosférico!!!

Mas um bom report do mosca morta ultra-dissimulada.

[]s,

Cadu.