sexta-feira, 16 de outubro de 2009

"O bom é o da bombinha"

Tempo meio ruinzinho, estréia da nossa locadora e uma boa "tunada" na estante do Calabouço. Cenário perfeito para algumas boas mesas na noite. Quando eu cheguei, estava rolando um Nexus Ops entre Arthur, Cacá e Cadu que acabou com a vitória do Arthur com o Cadu em segundo com 7 pontos e o Cacá em último com 6. Enquanto eles jogaram o Nexus, eu montei um Snow Tails com Daniel, Groo, Filipe e Rodrigo. O Daniel , dono do jogo, ficou treinando as curvas em casa e ganhou com sobras. Eu estava em um honroso 3º lugar, com quatro das cinco cartas de dano possíveis, jogando no limite, como sempre a Flying Dutch faz. No entanto, como não era uma partida oficial, só o primeiro lugar importava. Nesse meio tempo o Cacá e seu grupo ainda jogaram um Risco Total ganho pelo Carlão.


Galera jogando direto no Calabouço.

Depois disso, eu queria muito que o Cacá conhecesse o Chaos in the Old World (jogo de porrada com controle de área não tem erro com ele). Chamei o Rodrigo cubra que gosta de uma pancadaria e fechamos a mesa. Na outra, o onipresente Endeavor com Franklin, Daniel, Groo, Carlão e Filipe.

O Chaos ficou comigo de Khorne, Rodrigo de Nurgle e Cacá de Tzeentch. Como o Rodrigo foi se engraçar logo no começo do jogo eu e eles ficamos nos estapeando enquanto o Cacá fazia seu castelinho de areia, até ganhar, de forma até fácil, rápida e sem graça, alguns turnos depois.

Nisso, puxamos o Kingsburg com todos os módulos da expansão. O Daniel foi embora com o Rodrigo (não me pergunte para onde foram). Eu sai com a fada (+ 1 dado branco no verão), Renato (+1 na porrada), Cacá (podia influenciar o 5 e o 10 de forma alternativa) e o Arthur (quem fizer prédio da linha 4 ele ganha um good, bem fraco). O jogo foi marcado pelo azar da galera. Eu fiz minha track favorita (Fortress) mas estava sofrendo com a falta de uma fonte alternativa (e boa) de militar. Os monstros, em geral, estavam no máximo da força, então descartei a Fazenda. Com o dado do Summer, consegui ir na Rainha umas 2/3 vezes no jogo (com Inn + market) , peguei uma track bem legal que substituiu a track da statue e me deu uma boa vantagem a partir do ano 4. Mesmo empatando todas as pancadarias, a Stone Wall deu uma forcinha e no final do jogo, vindo um monstro de 9, eu fui no 5 E no 10 para assegurar a vitória final. No fim das contas, fiz 54 pontos (sobrando o +4 do soldado) contra 43 do Arthur e o Cacá/Renato um pouco mais atrás. O Cacá, no último ano, chutou o balde, perdeu prédio e a bagatela de 11 pontos na última pancadaria.


Kingsburg com expansão, um jogão melhorado.

Acabado o Kingsburg, Arthur e Cacá jogaram duas partidas de botão (um empate em 0x0 e uma vitória larga do Cacá por 5x2). Franklin, Carlão, Groo e Filipe terminaram uma partida de In the Year of the Dragon (que o Franklin deixou para a locadora), e eu Americano e Renato fomos jogar (outra vez) O Chaos in the Old World. Dessa vez eu joguei com o Tzeentch (o único que eu ainda não tinha jogado), Renato de Nurgle e Americano de Slaanesh. Só saiu o Hero Token, o que prejudicou um pouco o jogo do Americano. Eu e Renato fechamos o jogo no mesmo turno, decidindo ir pra corrida e o Americano, sob efeito da embriaguez, mais perdido do que cego em tiroteio, o que levou a um final incomum: Renato ganhou por Dial E pontos na mesma rodada. Eu só fechei o Dial, então ele acabou levando a partida também. O Arthur e o Filipe jogaram duas partidas do Mr. Jack sem/com expansão, com duas vitórias do Jack.

Nisso, a gente ia embora (eram 3-4 da manhã). Renato quis jogar mais um joguinho, fomos de Can't Stop. Rolaram bizarrices como o Renato fechar a coluna do 11 em uma única rodada, o Arthur terminar totalmente fora do tabuleiro. Eu ganhei com o 6,7 e 9, com o Renato a uma casa de fechar a coluna do 4 (ele tinha fechado o 8 e o 11).

Como o Filipe tinha que esperar o ônibus, decidimos por algo "rápido", o Sorry! Sliders. Sugeri o cenário "crokinole" (se acertar o meio, o peão vai para o home imediatamente) mas fui vetado pelo Arthur com a seguinte frase: "O Bom é o da bombinha". E foi aí que começou a saga da maior partida de Sliders já registrada. Desnecessário falar que não era raro, os peões do Arthur pararem debaixo do sofá ou tentarem vôos sofisticados para cima da minha RAMPA. O objetivo geral, desde o início, era a simples e pura violência, qualquer tentativa remota de chegar ao home, era vetada. O meu primeiro home, foi cerca de 1h de jogo depois. O Arthur se especializou na "flying technique" e manda sorry! nos peões que eu jogava na rampa com medo de ser expulso. No final das contas, o Arthur ficou sobrecarregado: Eu consegui (não me perguntem como) chegar com 3 no final, assim como o Renato. Fazer a última jogada antes/depois do Arthur era determinante para esboçar qualquer tentativa de jogar alguém no home. Eu jogava de frente para o Arthur, o que sempre estragava meus planos. No meu último movimento (quase 2h de jogo depois) acertei o dois, necessário para fechar. Filipe errou. Se o Arthur errasse a minha pessoa, eu ganhava. Lógico que, duas horas depois, o Arthur não errava mais nada. E sacrificou o peão dele para me jogar para fora de órbita. Com o Renato como último jogador, ele foi tranquilamente, para o três e assegurou a longa, sofrida e dolorosa vitória, quase 2h depois.


O bonito tabuleiro do Chaos in the Old World.

E eu prometi vender o Sorry! para a Nova Zelândia, para ter certeza de que nunca mais vou jogar (hHAHahHAhahAHhah). Ou pelo menos jogar fora o "da bombinha".

—————————— Report do Daniel "Original"——————————

Enquanto rolava o Nexus Ops jogamos uma corrida de trenós no Snow Tails. Eu, Fel, Rodrigo, Groo e Filipe. No Snow Tails trenós puxados por cachorros vão andando com uma mecânica bem inteligente, baseada em cartas para definir a velocidade de cada cachorro e o freio. A pista tem curvas, árvores e avalanches para atrapalhar. Bem divertido sem irritar a galera mais gamer.

Eu e o Rodrigo alternamos a liderança da corrida com várias ultrapassagens lá na frente. O Groo ficou meio sozinho chegando perto da gente algumas vezes ou ficando mais para o pelotão de trás em outras. O Filipe conservou uma sólida última posição de ponta a ponta numa corrida conservadora. E o Fel começou lá atrás mas veio ganhando posições e perdendo peças do trenó!

No final, eu ganhei cabeça a cabeça com o Rodrigo, o Fel e o Groo brigavam pelo terceiro lugar, mas como só o primeiro vale o jogo ficou por aí.


O sempre presente Endeavor.

O Fel foi jogar Chaos in the Old World com o Cacá e o Rodrigo e eu puxei um Endeavor com o Groo, Filipe, Franklin e Carlão que haviam acabado de chegar. Acho que alguém já explicou o Endeavor por aqui, mas é um jogo onde cada jogador é um povo na Europa e tem que colonizar o mundo. Construir prédios, navegar, ocupar territórios e atacar inimigos para ir ganhando pontos de indústria, cultura, política e dinheiro. O jogo é um euro com uma ótima relação tempo/diversão. Demora mais ou menos uma hora e meia por jogo.

O Carlão começou como líder isolado num estilo bem wargamer por um bom tempo mas a galera foi chegando aos poucos. No final do jogo o Franlkin me ganhou por 2 pontos (57 a 55). O Groo apelou para a escravidão e terminou o jogo junto com o Carlão, na faixa dos 45 pontos. E o Filipe ficou pelos trinta e muitos. Depois disso eu fui embora mas uma galera boa continuou por lá.

5 comentários:

Daniel disse...

Pouca gente mas uma noite legal de jogos! Só fiquei realmente com pena de não ter jogado o Kingsburg. Com a expansão o jogo fica espetacular! Nota 10!

Esse Twilight Sliders deve ter sido hilário! Tem que levar o sliders para o Castelo das tripas amanhã. Virou wargame! rs

Abraço

RaDyZyK disse...

Sliderrrssss SoRRY!!!! Tenho que melhorar a técnica do peão voador, para conseguir acertar os jogadores do lado, cara meu dedo esta doendo até agora, isso pq parei de petelecar na metade da partida.

PS: O jogo rolou das 4:45 ate as 6:40

Dead Heart in a Dead World disse...

Opa!
Foram 3 partidas de Mr. Jack, 100% pra mim (como Jack). A segunda foi tão rápida que acabou na 2a rodada (isso pq o Jack não pode fugir na primeira).

É 100% rapá!!!

Cacá disse...

Essa quinta foi boa mesmo... divertida e sem chuva... e as partidas de botão tem sido bem legais, saudade dos tempo de muleque...

Abraços...

Leandro Zombie disse...

KINGSBURG com expansão tá bombando aqui no Rio!!

Pretendo fazer nova visita ao Calabouço assim que der.