sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Muita chuva = muita gente

É impressionante como em dias com muita chuva acaba lotando o Calabouço, ontem não fugiu a regra, tinham pelo menos umas 25 pessoas jogando.

Eu cheguei com a casa relativamente vazia, mas já tinham umas 5 cabeças. Eu tinha combinado com o Arthur que levaria meu time de botão para jogarmos, mas acabei esquecento, só que vendo os times dele e tals acabamos jogando uma partidinha.


Arthur 3 x 1 Jamaica, semana que vem vou com meu time.

Apesar dos ataque sucessivos do meu time o goleiro do Arthur tava sempre muito bem posicionado e evitou os gols. Ele abriu o placar e logo na saída de bola eu empatei, mas daí por diante foi um show de defesas e bolas na trave, e como a máxima do futebol funciona sempre, quem não faz, leva. Final 3 x 1 para o time do Arthur.

Depois disso já tinha chegado uma galera, incluindo um grupo de Santa Maria - RS que está no Rio para um congresso e aproveitaram para conhecer o Calabouço e a galera. Acabamos eu, Arthur, Fel, Juan e Fábio puxando um Kingsburg com a expansão.


Kingsburg com as expansões.

Decidimos usar todas as novidades e o jogo fica muito mais legal do que ele já era. À saber, as expansões adicionam uma carta que abrimos uma vez por ano que realizam umas ações interessantes, personagens com características diferentes, a eliminação do dado do rei no combate (essa a adição mais maneira) e novos prédios.

Como jogar Kingsburg com o Fel e Arthur é disputar o 3º lugar a partida acabou sendo decidida por um fato inusitado, uma das cartas de ação fez com que o Rei ficasse doente (não podíamos mais usar o 18) e se essa carta saísse de novo o Rei morria e o jogo acabava. Dito e certo no 4º ano aconteceu essa perda para o reino e o Fel acabou ganhando depois de tirar 3 pontos do c... ops... da carta, deixando o Arthur em segundo eu e Fábio empatados em terceiro e o Juan em último.

Nisso estavam rolando várias mesas paralelas (devem ter rolado simultaneamente umas 5 fora o Americano na porra do laptop) onde tinha de tudo : Pandemic com a expansão nova, uma mega mesa de Bang!, LotR: Confrontation, Ghost Stories, Age of Empires III entre outros.


Corrida de trenós no Snow Tails. Foto BGG.

Acabou que eu, Arnie (que reapareceu no Calabouço depois de um tempão), MGM, Fel e Juan pegamos uma mesinha e puxamos o Snow Tails.

Montamos uma pista intermediária, só com as árvores para atrapalhar. Depois de uma saída ruim fiz uma corrida de recuperação, enquanto o Fel tava lá na frente com o MGM, mas na segunda curva consegui colar na liderança e consegui chegar na frente (ganhando nos critérios de desempate) fechando a prova junto com o Fel (que praticamente chegou carregando o cachorro nas costas).

Rolou depois uma mesa de Candamir comigo, Fel, Zé e Léo Rossi. Esse é um jogo do Klaus "Catan" Teuber que eu tinha muita curiosidade de jogar, mas que acabou sendo meio decepcionante.


As construções do Drunter und Drüber.

Ele tem cara de RPG de computador, e a mecânica é meio bobinha, você fica numa de andar, pegar umas paradinhas, usar recursos para construir coisas e ganhar pontos de vitória. O problema é que o jogo acaba sendo muito paradão e não empolga. Uma pena.

Para fechar a noite (pelo menos a minha, pois uma galera ainda ficou por lá) jogamos um Drunter und Drüber, que é outro jogo do Teuber (esse antigão, de 1991) que eu queria jogar, mas esse foi agradavelmente melhor. Ele é um jogo de cubreagem onde você tem que colocar seus tiles, tentando proteger o prédio da cor que você sorteou. Não é nada demais, mas diverte.

2 comentários:

Carlos Eduardo disse...

Grande Cacássone, blz?

Dos jogos que você listou já joguei alguns. O Snow Tails é um deles e apesar de ter achado ele legal fiquei com a sensação bizarra de que bater nas árvores é melhor do que desviar delas. Pelo menos foi o que aconteceu na minha partida. Perdi um tempão desviando das sequóias e vem um fanfarrão atropelando elas e ganhando a corrida. Frustrante...

Pena que não pude ir, senão teria participado da mesa de Age III que é um jogo fantástico.

Estou bastante animado com os comentários em relação à expansão do Kingsburg. Já encomendei uma e acho que vai melhorar bastante o jogo básico que para mim tem alguns problemas. O principal deles é que se torna quase que obrigatório investir nas fileiras militares, pois perder a guerra é sinistro pacas...

Candamir não joguei... e o outro jogo de nome complicado também não.

Abraços, e valeu pelo report.

Cadu.

Leandro Zombie disse...

A expansão do KINGSBURG é realmente muito boa. Já tive a oportunidade de jogá-la, graças ao amigo Fel. Gostei, principalmente, da alteração dos reforços que o Rei envia no Inverno. Aumenta o fator estratégia do jogo. Muito bom.