sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Ventania e casa cheia.

O tempo tá virando por aqui depois de alguns dias bem quentes, então ontem tava uma ventania da porra, resultado disso jogatina com todo mundo enfurnado na parte de cima do Calabouço. Ainda bem que a nova arrumação permite um pouco mais de conforto (hehehehehe).

Cheguei cedo e fiquei de papo com o Rocco e o Arthur até que chegou a galera para jogar mesmo. O Groo trouxe o Jamaica para se despedir (ele vendeu e era a última oportunidade de jogar), como eu tava na pilha de conhecer ele montamos uma mesa com ele.


A corrida dos piratas começando no Jamaica.

Nela estavam eu, Bouzada, Groo, Zé e Juan (que apareceu pra conhecer o lugar). No jogo somos piratas em uma corrida em volta da ilha, ganha o pirata que coletar mais tesouros durante o trajeto.

A mecânica é interessante, temos um deck de ações, o jogador da vez rola dois dados (uma para a ação do "dia" e o outro vai para a "noite") e dentre as 3 cartas que estão na sua mão você escolhe uma para realizar.

O Juan deu um "sprint" no barco dele e ficou pegando todos os bônus do caminho (para azar dele a maioria eram maldições), o Zé e o Groo estavam na cola e Bouzada e eu ficamos mais para trás. No final o Zé chegou em primeiro (ganhando 15 de bônus) e levou a partida, eu fiquei em segundo (pois coletei ouro pra cacete), o Bouzada em terceiro, Groo em quarto e Juan em último.


O tabuleiro bonitão do Middle-Earth Quest.

A outra mesa ainda estava jogando o bonito Middle-Earth Quest (com o Fel atacando de dark-lord) então a mesma turma puxou um La Cittá.

Fizemos o setup sorteado e todas as fazendas boas ficaram praticamente de um lado do mapa (enquanto o outro lado tinha lago a rodo), resultado, no final do primeiro ano já era todo mundo vizinho.

O Zé estava muito bem no jogo até que tomou uma pernada do povo (que queria teatro enquanto ele oferecia escravidão), o Bouzada tava meio emprensado o que impediu dele expandir como queria, eu tava fazendo uma partida muito boa até que no quinto ano não alimentei um cubra e perdi uma carta para última rodada.


As fazendas boas pertinho no La Cittá.

No último ano Juan usou praticamente todas as ações para fazer fazendas, eu também precisei me virar para alimentar o meu povo (e ainda conseguir o set de cores da terceira cidade). No final mesmo com a penalidade eu levei a partida ficando a dois pontos do Zé, o Bouzada chegou em terceiro e Juan e Groo ficaram em quarto e quinto respectivamente.

Eu acabei saindo cedo com o Camilo e o Juan (já eram 1:30h) e o povo ainda ficou jogando por lá.

2 comentários:

Carlos Eduardo disse...

Bom dia

Destes já joguei o La Cittá, o qual achei muito bom. O Jamaica não conheço.
Gostaria de saber mais sobre o Middle-Earth Quest.

[]s,

Cadu.

Cacá disse...

Fala Cadu, eu achei o Jamaica bem bacana, pena que o Groo já vendeu ele... :)

sobre o Middle-Earth o Fel pode falar mais dele...

Abraços...