sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Qui. 13 - Jogatina light mas divertida

Ontem rolou um Calabouço bem maneiro e tranquilo, estava cheio (deviam ter umas 20 pessoas) mas mesmo assim não estava muito barulhento, e acabou dando pra jogar na paz.

Quando eu e o Fel chegamos já estava rolando uma mesa de Manila com o Rodrigo Gonzales, Filipe, Arthur e Rafael, então eu resolvi mostrar um protótipo meu para o Fel, jogamos algumas rodadas para ter uma primeira impressão do jogo e nesse meio tempo chegaram o MGM e o Fábio, paramos com o joguinho e puxamos um Ghost Stories.


Visão geral do tabuleiro do Ghost Stories.

Nele somos monjes Taoístas que tem espantas as assombrações manadadas por Wu-Feng, Lorde dos Nove Infernos, que vem assolando as vilas do Império Médio.

Ele é um jogo cooperativo com uma mecânica super simples de se entender, temos uma matriz 3x3, cada tile tem um poder que ajuda aos monjes na sua empreitada. Na sua rodada o jogador puxa um fantasma, aloca ele onde é determinado, tenta exorcizar um deles e passa para o outro jogador.

Mas não se deixe enganar, a simplicidade está só na mecânica, pois os jogadores só ganham se matarem o big-boss do final e o "jogo" ganha de várias formas, e se não fosse jogarmos no modo "newbie" e estarmos cagando um absurdo nos dados acho que não venceríamos, mas deu pra ver que o jogo é muito bacana.


Filipe, Carlão, Gonzales e Saulo jogando Sorry Sliders!.

Depois a galera que tinha terminado o Manila já tinha jogado umas partidas de Sorry Sliders! e depois partiram para um Automobile com o Carlão, Bouzada, Filipe, Gonzales e Saulo. A gente puxou então um Sator Arepo Opera Rotas.

Nesse somos abades tentando recuperar 4 livros que estão espalhados num labirinto de plataformas que se movem em um abismo. Quanto a mecânica, os jogadores tem pontos de ação que usamos para ativar cartas.

Temos disponíveis 2 tipos de deck, um comum a todos que usamos para mover ou rotacionar as plataformas e um da nossa cor, que tem apenas um tipo de cada carta, que tem ações um pouco mais complexas.

[merchandising on]
O jogo é bem bacana e eu certamente comprarei com um dos meus amigos cariocas que vendem jogos de tabuleiro a preços convidativos e formas de pagamentos super confortáveis. [merchandising off]


Meu abade pronto pra ir buscar os livros no Sator.

Falando sério, o jogo é bacana sim e aberto a todo tipo de cubreagem, o Fel como já tem as manhas pegou os 4 livros antes, mesmo eu e o Fábio (que acabamos empatados com 2 livros) fazendo de tudo pra dar rasteira nele.

Para terminar a minha noite, ficamos jogando umas partidinhas de Sorry Sliders!, foram 3 seguidas e cada um ganhou uma para ninguém ficar triste.

------------------ Session by Fel à partir de agora

Depois do Sliders, joguei três partidas de Hive com o Fábio, êta joguinho viciante. Muito rápido , boas tomadas de decisão, no final ganhei duas e empatamos a outra depois da papagaida de começarmos os dois com a abelha-rainha.

Acabado o Hive, pensamos em dividir duas mesas de três, uma com Brass outra para uma learning session de Duck Dealer. No entanto, em prol do espírito de união enaltecido pelo Bouzada, fizemos uma mesa só, com 6 jogadores de Battlestar Galactica. Depois da twilight explicação, eu puxei minha carta e vi que era um cylon (traidor para quem não conhece a série/jogo). Comecei a sabotar os projetos e vi que rapidamente a situação estava complicando para eles. Minha carta de cylon permitia danificar duas partes da nave, tirei o FTL drive (eles não poderiam dar pulos e se livrar das naves atacantes) e os meus queridos centuriões estavam rapidamente tomando conta de Battlestar.


Visão geral do tabuleiro do Battlestar. Foto BGG.

Depois do segundo pulo, o Bouzada decidiu pegar um atalho e eles andaram 3 passos em direção a Terra (de um total de 8), nesse momento o jogo estava muito mais pra mim e eu já tinha me revelado, deixando a nave bastante avariada e uma situação de caos à bordo, com troca de presidência e o presidente terrorista preso pelo Adama . Eu de Darth Cylon Vader só atrapalhando o progresso , maquinando a ruína da Battlestar, saem as novas cartas de lealdade, os centuriões avançam, dominam a nave , o simpatizante colorido e o Bouzada que não fizeram NADA ganharam o jogo junto comigo , monte de sanguessuga cylon!

Nisso eram mais de 4 da manhã e o Bouzada ainda queria puxar coisas como Le Havre e Steam. Eu decidi jogar uma partidinha de Dominion: Intrigue lá embaixo enquanto bouzada/fábio/filipe jogaram Taluva. Foi bem boa a partida, usei basicamente o Upgrade (1 card/+1 action/remodel de +1 de custo) e o Tribute (revela 2 cartas, dependendo do q for vc pega carta/grana/action). Ganhei apertado do Arthur , 39 a 31 com a Sílvia em terceiro com 20.


Um zoom nos monjes do Ghost Stories.

O povo lá embaixo estava animado para jogar Saboteur (que eventualmente o sabotador chegou ao ouro, inédita essa) e nós partimos para a 2ª partida de Ghost Stories da noite. O ponto alto sem dúvida foi que, ao final da explicação Arthur e Bouzada falaram categoricamente "esse jogo é muito fácil", "não pode ser assim, tem alguma regra errada". No meio do jogo, o Bouzada soltou um "é, o jogo não é tão simples quanto parece". No final do jogo, eu morri, fui ressuscitado só para pegar um monstro que tira 1 QI e com o tabuleiro cheio, perdia mais um QI e morri sem nem jogar. Filipe morreu também, o tabuleiro tinha 12 fantasmas (o máximo) e 4 com capacidade para assombrar nossa vila (sendo que um tile já estava assombrado e com 3 a gente morria). Em suma, era só escolher como iríamos perder. Não chegamos nem a ver o Wu-Feng Incarnation.

3 comentários:

Fel disse...

Não seria Fábio?

Uma vergonha um designer gráfico perder prum cego em visão espacial :p

Abrax,

Fel

PS: Ainda achei o Sator melhor com 2, o downtime é um fator negativo dele.

Ghost Stories é legal apesar de que pra gente ter ganho, certamente rolou regra errada.

Cacá disse...

Corrigido o nome do Fábio...

Certamente deve ter rolando alguma regra errada, a gente não consegue ganhar com os malditos gnomos bêbados, vai ganhar com os monjes? duvido.... =)

Fabio disse...

Nossa nem acredito que vcs ainda jogaram uma partida de Ghost Stories... vai ter disposição assim lá em Realengo...
E claro não ganharam porque eu não estava presente...