sexta-feira, 10 de julho de 2009

Qui. 09 - Botes, torres, dados e camelos

Férias de julho é sempre divertido no Calabouço, ontem foi dia de casa lotada de novo (passaram mais de 20 pessoas), com as ilustres presenças do Marcelo Maypur e do Léo Rossi.

Quando cheguei já tinha um povo bom, e com a velha pergunta "o que vamos jogar?" a gente decidiu puxar um Powerboats pra ir pensando no próximo jogo.




Nessa corrida o "piloto-exibição" da vez foi o Léo, que enquanto os outros se preocupavam com o trajeto ele ia dar seu 'oi' pra torcida. Na frente a disputa tava boa entre o Fábio e o Maypur, enquanto o Warny tentando assegurar seus 100% (1 vitória em 1 jogo) fazia manobras arriscadas, resultado, não chegou ao final. Eu estava indo bem, mas quando os óculos do piloto cairam, ele tentou contornar a boia no outro sentido e perdeu várias posições e não se recuperou. O finalzinho foi emocionate e a colocação está alí abaixo da foto.

Depois começaram as divisões de mesa, o Fel e o Warny puxaram um Lord of the Rings: Confrontation, enquanto eu, Léo, Mayapur e Fábio começamos um Timbuktu.


Foge dos ladrões camelinhos!! Timbuktu.

Nesse jogo temos que levar a nossa caravana até Timbuktu, evitando os saqueadores para chegarmos com a maior quantidade de produtos possíveis. O jogo trabalha com dedução e devido a combinações de cartas você tem uma idéia de onde os ladrões vão agir em cada momento do jogo.

O jogo é muito bom, tenso e cheio de coisas a serem observadas para tentar não prejudicar muito a sua caravana e colocando a dos adversários na reta. O Fábio ficou em primeiro, com o Léo em segundo, Mayapur em terceiro e eu em último.


O jogo é bom e bonito. Torres.

Depois disso a galera já tinha puxado um Small World então a nossa mesa jogou um Torres para esperar. Para quem não conhece esse é um jogo abstrato, onde utilizamos pontos de ação para crescer os castelos e com isso pontuar. A partida foi disputada, e eu ganhei com dois pontos de diferença pro Léo, o Mayapur ficou logo atrás com o Fábio em último.

Depois depois de uns sorteios de mesa (todo mundo queria jogar a mesma coisa), fechamos uma mesa de Alea Iacta Est (eu, Fel, Léo e Warny) e uma de Tribune (Zé, Mayapur e Fábio).

O Alea é um jogo de alocação de dados em prédios (estilo Kingsburg), com algumas coisas interessantes, mas mais light. Mesmo sendo um jogo basicamente de rolagem de dados ele tem a sorte bem resolvida, pois temos várias formas de alocação o que dá uma dinâmica interessante.


Setup inicial do Alea Iacta Est.

Como era a primeira partida de todos, muitas dúvidas sobre o que fazer. No final ganhei com poucos pontos de diferença pro Léo (de novo), com o Warny em terceiro e o Fel em último.

Pra fechar a noite mistureba de mesas de novo e abrimos um Puerto Rico (eu, Arthur, Warny e Fábio) e um Gloom (Fel, Léo e Zé).


Puerto Rico bem no comecinho.

Puerto Rico é daqueles jogos muito bons que eu não consigo jogar bem, ele necessita um aprendizado de muitas partidas, e acaba que eu não jogo muito ele, resultado, só porrada. Ontem não foi diferente, com o Arthur e o Warny sabendo exatamente o que estavam fazendo, restou pra mim e pro Fábio disputar o terceiro lugar. No final o Warny ganhou deixando o Arthur em segundo, o Fábio em terceiro dois pontos na minha frente.

Nas outras mesas espalhadas rolaram várias partidas de Dominion, também rolou um DOG e um Saboteur e alguma coisa que eu devo ter perdido de vista no andar de baixo (mas acho que o povo ficou lá mais batendo papo mesmo), e foi isso nessa quinta.

3 comentários:

Fabio disse...

Só para constar nos autos, papai aqui também levou o Tribune... Até que pra um newba ganhar 3 de 5 é uma felicidade só...
Destaque para os camelinhos que se mostrou ser um jogão mesmo.
E claro não podemos esquecer dos 4 pneus furados... só quem tava lá vai saber...

Anne disse...

x) É, ficamos mais de papo mesmo...

Cacá disse...

Fábio, fala sério, tu já perdeu o status de newba (hHAhahAHhaHAH)... =)