terça-feira, 16 de março de 2010

Resenha : Goldbräu



A pedido dos amigos que passam por aqui vou escrever umas linhas sobre o Goldbräu, joguinho bem bacana do falecido Franz-Benno Delonge (Manila, Container e Transamerica).

Nele os jogadores são administradores que tem que ganhar uma grana investindo em cervejarias e bares. A mecânica do jogo se baseia em seleção simultânea de ações e um pouco de controle de área.



Vamos lá, o tabuleiro é dividido em 4 cervejarias que atendem 6 bares e esses bares disputam entre sí o espaço de cadeiras, quanto mais lugares no seu bar, mais grana ele rende. E tudo fica ainda melhor se você conseguir uma garçonete gostosa e se livrar do bêbado que fica perturbando.

Cada rodada representa um "dia da semana" e na sua rodada você escolhe uma das 3 cartas de ação disponíveis (aumentar o bar, colocar gerente ou mudar a cervejaria de um bar ou comprar ação da cervejaria/bar), se você for o único a escolher uma determinada ação você pode executá-la com uma bonificação. Executa-se as ações na ordem do jogador inicial e pronto, mais um "dia" termina.



O jogo se passa no decorrer de 3 "semanas" onde cada rodada seria um dia dessa semana e no domingo vemos quanto cada bar/cervejaria rendeu e dividimos o lucro.

A renda de cada bar é divida na fonte meio a meio com a cervejaria que atende ela e o resto da grana do bar é dividida entre os jogadores que lá estão. Essa divisão de lucro funciona bem no esquema de controle de área, conta-se os cubos presentes de cada jogador e dividi-se a grana, a sobra vai para o gerente do bar. No final das 3 semanas quem tiver mais grana ganha.

O jogo é bem pensadinho, com decisões interessantes a serem tomadas e com bastante interação entre os jogadores. Apesar de não estar bem cotado no ranking do BGG é um jogo que merece atenção.

5 comentários:

Leandro Zombie disse...

Valeu pela resenha, Cacá. Agora estou mais interessado em jogá-lo do que antes...

Leandro disse...

Valeu pela resenha, Cacá! É um dos meus jogos que eu ainda tenho que estrear quando aparecerem jogadores aqui na Serra... hehe

Cacá disse...

Coés Leandros... =)

Espero que a resenha tenha sido a contento e esteja dentro dos novos padrões BG-BR de escritura de resenhas.. hAHhahHAHahHAH...

Leandro Zombie disse...

Ah, cara... BG-Br nem comento...

Pô, Leandro, rola de trazer o teu no próximo Castelo das Peças?

Dead Heart in a Dead World disse...

Po Cacá... 827 ainda é bem cotado. Tem muito jogo bom até o 1000, depois disso que começa a cair o nivel drasticamente hehehe